Gabriel Louchard: Como é que Pode?
Rio No TeatroRio No TeatroRio No TeatroRio No TeatroRio No Teatro

Ator, comediante, apresentador e mágico. O personagem da semana é um carioca que começou a carreira artística com apenas 12 anos, sendo considerado o mágico brasileiro mais jovem. Além de fazer shows de mágica ele também foi em busca de se profissionalizar no teatro e por isso começou a fazer cursos na área. O resultado é um artista que domina o palco e faz dele uma extensão de sua própria casa. Gabriel Louchard, está em cartaz com o espetáculo Como É Que Pode???, tem arrancado gargalhadas no quadro “Saco de Risadas” do Domingão do Faustão, na TV Globo e é o nosso entrevistado da semana.

 

O mágico revela que sua ida ao programa era uma participação, mas o sucesso garantido pelo público, resultou na permanência do carioca no elenco do quadro de humor dominical.

 

“Eu estava no Zorra Total e fui convidado para fazer uma participação no Domingão com o Leandro Hassum, mas o Hassum teve um problema de agenda e não pode ir, acabou que fui sozinho. O Fausto gostou e me chamou novamente, e quando vi já tinha ido cinco vezes ao programa, daí surgiu o convite dele para integrar o elenco de humor do Saco de Risadas, que era um projeto que estava começando, hoje já estou há quase 2 anos no Programa.”

 

Sobre os colegas de trabalho ele diz que aprendeu bastante neste tempo.

 

“O jeito do Hassum é impressionante como tenho, a entonação da voz, agora. Eu falo mais rápido, pareço uma metralhadora. Agora, claro bebi na fonte de comediantes fenomenais, como Pedro Cardoso, Tata Werneck e  Fábio Porchat.”, diz.

 

Outro sucesso de Gabriel, não está na TV e sim nos palcos. Trata-se do espetáculo “Como é que Pode”, que há três anos segue temporada lotada no Rio de Janeiro.

 

“Isso é muito interessante, pois realmente parece que estreamos ontem. Passou muito rápido já estamos há quase três anos e meio em cartaz. É um espetáculo bem versátil, um "Teatro de variedades", como disse o crítico da Folha de SP, por isso já acho que o público não cansa, é bem dinâmico. Além disso, sempre incluímos coisas novas atuais, por exemplo a seca em SP. E o principal, tem uma grande dose de improviso e participação da plateia, o que faz de cada apresentação única. Tem muitas pessoas que já foram a peça mais de dez vezes.”, revela.

 

E quem já foi conferir de perto as performances de Louchard sabe que os momentos mais esperados (e temidos) são os números que contam com a participação da plateia. Dentre eles dois se destacam.

 

“Acho que a esquete do "Mágico em festa de criança" e o "número e vídeo da Guilhotina" estão em primeiro na lista.”, conta o ator.

 

E tem gente que vai só para participar, muitos voltam apenas para tentar ser um dos ajudantes de palco do mágico, que escolhe a dedo.

 

“Eu sei escolher a pessoa pro palco, já peguei esta prática. São 17 anos de carreira com shows interativos, só no "COMO É QUE PODE?" já chamei mais de 1000 pessoas ao palco e nunca tive problema ou reclamação com as brincadeiras. Você tem que escolher olhando no olho, vendo quem esta disposto.”.

 

O ator que começou na TV Globo no Programa Zorra Total faz uma avaliação de como foi sua participação no humorístico.

 

“Foi minha porta de entrada na Globo, hoje estou há 3 anos na emissora. Acho que foi importante para conhecer as pessoas e entender o mundo da TV. O personagem não foi uma escolha minha, pois estava querendo mostrar coisas diferentes e não mágica sempre. Aos poucos foram surgindo no Zorra mesmo possibilidades de outras cenas, como outros personagens, nada marcante, mas que davam oportunidade de experimentar estilos.”, afirma.

 

Para o público aqui do Rio No Teatro, Gabriel deixa a dica e o convite.

 

“Galera, curta temporada no TEATRO LEBLON, pela primeira vez no horário nobre, sextas e sábados 21h e domingo as 20h, "COMO É QUE PODE???". Há 3 anos em cartaz, com mais de 300 mil espectadores, só falta você!”

 

E se você já foi, vale a pena conferir mais uma vez. Garantia de diversão e muita alegria. Tudo isso num passe de mágica.


Por Alessandro Moura - Jornalista




Acorda Alice! Mitzi Evelyn é a personagem da semana
Mitzi Evelyn fala sobre o espetáculo Alices que faz uma reflexão sobre a violência na luz da ribalta
Guilherme Piva fala sobre o sucesso de "A Invenção do Amor"
Processo de montagem, parcerias e novos trabalhos. Tudo isso e um pouco mais de um ator que se renova todos os dias e surpreende o público com sua versatilidade.
Rogério Fabiano fala sobre os desafios de interpretar Allan Kardec nos palcos
Sucesso de público espetáculo está de volta ao Rio, no Teatro Vanucci
Alexandre Guimarães: Pernambucano brilha no Teatro Poeira
Espetáculo premiado chega ao Rio de Janeiro em curta temporada
PUBLICIDADE
TRANSAMÉRICA 101,3
Nara Parolini fala sobre carreira, teatro e novos desafios
Atriz se prepara para a estreia do espetáculo "Apocalipse Naquela Esquina ou A Corrosão do Caráter"
Atriz de Goiânia se prepara para estrear musical no Teatro Vanucci
Dina Marina vive Irene, uma cortesã que tem muitos segredos
Mariza Marchetti volta à TV em Escrava Mãe
Ela sumiu das telinhas por um tempo, mas está de volta após ser escalada pela TV Record
Alan Ribeiro fala sobre o espetáculo "Primeiramente, Comédia"
Depois de fazer sucesso na internet, grupo faz peça para os palcos com direção de Paulinho Serra
PUBLICIDADE
Aisha Jambo: Ela veio para ficar
Em exclusiva ao Rio No Teatro a atriz fala sobre carreira, maternidade e o sucesso de sua personagem na novela bíblica “Os Dez Mandamentos”.
Felipe Silcler, o menino do Rio
Dos palcos para a TV. Ator formado na Martins Pena ganha destaque na novela Totalmente Demais
PUBLICIDADE
TRANSAMÉRICA 101,3
NEWSLETTER
Cadastre seu e-mail e receba conteúdo exclusivo do teatro carioca, descontos e promoções em primeira mão
GOOGLE+
FACEBOOK
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE